Como faço?


 Hannah Montana pode ter acabado. Ela pode estar exagerando na dose de sensualidade, e estar se tornando vulgar. Mas o que eu tenho a ver com os problemas pessoais da Miley? Absolutamente nenhum. E o que me chama atenção nela é o estilo, não a pessoa que ela realmente é ou aparenta ser, mas o que ela veste. Mesmo sendo uma ‘estrelinha’ da Disney consegue ser várias pessoas a cada dia. Digo no sentido de estilo. É tudo muito variado, ela já se apoderou do seu lado mais rocker, já apareceu todas girlie, já esteve Glam, já apareceu com aquela bota de Cowboy e camisa xadrez toda country, já até bancou a indiana ocidental. Também não me importo se o cabelo dela custou 24 mil, o acho lindo (quando era ruivo). Gosto das unhas curtas e quadradas que quase sempre estão pintadas de preto. 



 Gosto de personalidades assim. E para mim isso não é falta de uma, (personalidade quero dizer) quando a pessoa está cada dia com um estilo diferente. Sem incorporar apenas um, e ao mesmo tempo mantendo sua imagem.

  Fico imaginando pessoas como a Ke$ha e Lady Gaga, que temos que admitir, tem um estilo único. Praticamente a prova de cópias, ao contrário da Ashley Greene por exemplo. Você nunca as viu usando um look que poderia se apontar e dizer ser rock, ou básico, ou girlie. Por que é uma verdadeira mistura de tudo que você já viu ou não. É legal, que elas tenham essa autenticidade e tudo.

  Mas eu gosto dos acessórios mais pesados, dos vestidinhos mais girlie, das botas de cowboy, das camisas Jeans do folk, do paetê do glam. Mas não me imagino os usando em uma só mistura. Quero sair de vestidinho florido, sapato Oxford, make fresh e cabelo impecável. Quero sair com uma camiseta rasgada, short cheio de tachas, coturno surrado e cabelo podrinho.

 Já nessa de falar sobre estilo tem algumas celebs que se é perceptível a transição junto com a fama. Kate Perry e Rihanna, podemos dizer que o ano foi delas. Inspiraram muitos com as músicas e com o estilo, que este está cada vez mais mudado. Kate Perry, que sempre foi lembrada pelo estilo Pin up que já não está tão Pin up assim. A Rihanna parece estar tentando se descobrir, e seu cabelo que o diga. Mas apesar disso tudo podemos perceber que já não são as mesmas. Me pergunto o que seria isso. Uma visão diferente do mundo agora que estão onde estão? Amadureceram suas ideias? Talvez seja isso mesmo, por que eu mesma passo por isso.

 Alexa Chung é uma das maiores It Girls desse nosso mudinho Fashion. E a adoro. Mas acho tedioso para mim se eu só tivesse aquele estilo. Acho que o meu caso é meio fobia. Fobia de apontarem para mim e de dizerem aquela é rockeira. Ou, aquela é uma menininha. Coisas do tipo. Não é só a fuga pelos rótulos, mas a liberdade de escolher. E essa vontade de escolher às vezes me atrapalha. Quando estou com as unhas longas as acho lindas, mas também gosto delas curtas e quadradas. Gosto de cabelos longos, mas também dos ombré hair. Gosto de dar uma de durona, mas também quero ser a menininha. Escuto o Heavy Metal, mas também gosto de Justin Bieber. Mundos que praticamente não se cruzam. Quero um quarto cheio de cortes de jornais e revistas, mas também um com papel de parede florido. E o que eu faço?

7 Não calaram a boca:

Luana disse...

Sou exatamente assim!
Adoro essa liberdade de escolher entre as coisas e acho realmente cansativo quem se prende a um só estilo ou bobo usar todos juntos!
E agora? husahus
Adorando teu blog! Beijos!

B. disse...

Achei muito interessante. gosto mt do seu blog *-*

Calando a Boca disse...

Que bom que encontrei igual/parecido nisso comigo. :)

Obrigada gartoas!! bjs. :*

Looh'gtc disse...

Mistura tudo ! É sempre assim, porque seguir um padrão ? Será que não dá pra misturar ? Vamos ser tudo isso junto, criar nosso proprio estilo, se vestir bem pra caramba e na outra hora sair de casa sem nem pentear o cabelo, colocar um preto nas unhas hoje e amanhã colocar um rosa bem elaborado, vamos misturar e procurar aquilo que gostamos, e se gostarmos de tudo ? usamos tudo, claro que não vamos pecar na extravagância sempre, mas chamar atenção ? eu tô é dentro ! Vamos bem elegantes em uma igreja em que ninguém vai bem vestido ou o contrário, um estilo roqueiro em uma igreja aonde todos são conservadores. Por que não ? eu já fiz tudo isso. Não pra chamar atenção, esse veio como bônus, mas porque eu me senti bem usando a roupa, estando com este estilo, e as vezes me perguntam o motivo. simples: eu gosto. As vezes são piores e perguntam: qual seu estilo afinal ? Alternativo, aquele que eu quero no momento. É tão complicado assim de entender ?
No fim, o mundo é subjetivo e eu também.
No fim, as pessoas tem medo de mudar e eu não.

Calando a Boca disse...

É exatamente disso que falo. :')

Nada de padrões. Ainda bem que você não tem medo de ousar! *-*

Carla Sidonio disse...

Adorei o seu blog.
Achei super autêntico.
Parabéns!

Calando a Boca disse...

Obrigada Carla!

Bjs.

Postar um comentário

Por favor, os comentários só serão aceitos se estiverem dentro das "normas" de ética. O que envolve:

- Não seja desagradável, tudo bem fazer criticas mas evite o uso de linguagem chula, depreciação, pré-conceito e tudo aquilo que você sabe ser errado.

- Evite,por que além de ser chato é feio para sua imagem, pedir que o Bloggeiro visite seu Blog. Com mensagens: " Legal seu Blog, visita o meu?" e etc. Um comentário bem feito e com conteúdo vai chamar muito mais atenção que súplicas. Aliás fazer súplicas só espanta visitas.

É só isso. Obrigada por comentar!

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...