Música adolescente.

Como a maioria deve saber, faz um tempinho que a Rapha completou 15 primaveras (embora a bio ainda esteja desatualizada), e a maioria das meninas que escrevem e visitam o blog estão na mesma faixa etária. Estou até me sentindo velha com meus 18 anos incompletos, rs. 


A minha ligação com música se intensificou muito a partir dos 11 anos, e hoje em dia percebo que cada fase musical teve muito a ver com a fase natural em que eu vivia. É assim até hoje. Pensando nisso, resolvi trazer um post com artistas não tão conhecidos que eu acredito que vocês possam gostar. C'mon!

The Like - http://myspace.com/thelike
Tumblr_lh3scmodyx1qbt11do1_500_large

Para as meninas que curtem um visual meet vintage tenho certeza que a The Like vai conquistar com um olhar. A banda existe desde 2001, quando a vocalista Elizabeth "Z" ainda nem se parecia tanto com a modelo Twiggy, elas se inspiram na década de 60 para compor suas músicas, visual, e clipes. São umas graças! Seu último disco Release Me foi lançado em 2010 e desde então músicas com o He's not a boy  e Wishing he was dead  fazem sucesso por aí. Recentemente as garotas ainda participaram de um curta super fofo feito por Gio Coppola, prima de Sofia Coppola (lembram de Somewhere e Maria Antonieta?) com a música Fair Game (A música começa em 1:48).



Elizabeth "Lissy"  McChesney se mudou para Nova York aos 16 com a mãe, e isso pode ter sido umas das melhores coisas de sua vida. A garota que estudou artes cênicas, plásticas e design gráfico se voltou para a música, e em 2009 lançou seu EP Self- Taught Learner que devido a versão de Ready for the floor do grupo de música eletrônica Hot Chip, que foi parar na trilha sonora de Garota Infernal, e mais tarde de Gossip Girl virou sucesso nos bares da noite Nova Iorquina. O roquinho  de Lissy encanta e seu estilo boyish não deixa por menos. Deixo pra vocês Boy Boy, que tem uma letra foférrima.


Conheci as meninas do Les Plasticines há muito tempo atrás quando elas vieram se apresentar no Brasil e deram uma entrevista para a Mtv, some uns três anos. As Plasticines são quatro garotas francesas antenadas que fazem um pop rock que vai do dançante ao romântico. Seu último disco, About Love, lançado em novembro de 2009 compila bem o estilinho da banda com canções cantadas em inglês como a empolgante Bitch, mas pra quem quer ouvir ao natural o EP LP1 de 2007 traz a língua francesa a ponta da guitarra. Pelo seu estilo, as Plasticines assim como as outras bandas citadas, não agradas apenas aos ouvidos mas também aos olhos.

Falando nisso...

Em outro post eu comentei sobre a banda Arctic Monkeys e a Rapha logo depois me disse ter acabdo de conhecer e gostado, eu super indico pra vocês escutarem os dois primeiros discos da banda Whatever People Say I am, Tha'ts I'm not (2006) e Favouriste Worst Nightmare (2007) que tem a música mais tocada da banda, Fluorescent Adolescent. As letras desses dois discos discorrem sobre adolescencia, diferente dos dois últimos mais adultos e com interpretação mais livre, e tenho quase certeza que vocês irão gostar. 
    
                               253706_1826707023981_1129457590_2732885_8222345_n_large
Outra banda que também já foi adolescente são meus queridos Beatles. Láááá em 1963 nos discos Please, Please me e With The Beatles, esticando até em '64 com A Hard Days Night era esse o tema preferido da banda. Super indico que vocês conheçam e cheguem aos 17, como eu, escutando I saw her standing there e se identificando com a letra Well, she was just 17 / You know what I mean, and the way she looked was way beyond compare / So how could I dance with another (ooh) / When I saw her standin' there? ♪♫ 

É isso, consegui terminar o post mesmo lutando contra o blogger uhul!, beijos da Jay

2 Não calaram a boca:

Amanda Z. disse...

Adorei as dicas :D
Bem legaais! ^^

Beijos
http://diariodelooks.blogspot.com/

lila pink disse...

adoreiii o blog,
otimaa dicas de musica
bjaoo

Postar um comentário

Por favor, os comentários só serão aceitos se estiverem dentro das "normas" de ética. O que envolve:

- Não seja desagradável, tudo bem fazer criticas mas evite o uso de linguagem chula, depreciação, pré-conceito e tudo aquilo que você sabe ser errado.

- Evite,por que além de ser chato é feio para sua imagem, pedir que o Bloggeiro visite seu Blog. Com mensagens: " Legal seu Blog, visita o meu?" e etc. Um comentário bem feito e com conteúdo vai chamar muito mais atenção que súplicas. Aliás fazer súplicas só espanta visitas.

É só isso. Obrigada por comentar!

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...