O incentivo vem de dentro



Todos os dias aprendemos algum punhado de coisas. Algumas pouco importantes, como o nome de algum doce que você sempre comia na infância. Outros que podem mudar o rumo da sua história.

 Há certas coisas que eu simplesmente não chamaria de ‘aprendizado’, não sei bem qual a definição mais correta. Há algumas coisas que vem de dentro, do nada, num momento de reflexão.

 Hoje eu cheguei à conclusão de que eu tenho que encontrar apoio para os meus sonhos primeiramente em mim. Pode parecer clichê. Mas eu me sinto mais importante quando eu penso que sou. Me sinto mais ‘bonita’ quando penso que sou. Me sinto mais esperta quando penso que sou. Quando eu acredito em mim me sinto mais confiante.

 Cheguei a beira de desistência de inúmeras coisas que levei anos construindo, diretamente ou indiretamente. Mas olha só, o tempo dos outros sempre parece mais curto que o nosso. Quando alguém diz ter alcançado algo depois de vinte anos lutando, nós vemos como um exemplo bonito, de persistência. Mas não estamos dispostos a pagar esse mesmo preço de maneira consciente pelos nossos sonhos.

 Depois de pequenos tombos, e muito tempo no chão esperando que alguém me levantasse, hoje eu aprendi que sou alguém realmente muito importante para servir de incentivo para mim mesma. Mas quem não pode?

 Deixar de ser o reflexo de algo já criado e refletir o que tem dentro de mim. Por que sou tão importante quanto quem já chegou lá, já alcançou seu principal sonho.

 Quando comecei a me olhar com outros olhos, aceitar meus defeitos, e perceber que tudo aquilo que eu endeusava e acreditava ser perfeito na verdade tinha tantos defeitos quanto eu. Sempre tem alguém que te admire, e talvez até te ache perfeito. Assim como você acha que ‘X’ é o modelo ideal dos seus sonhos.

 A questão é acreditar primeiro em você, para depois sim acreditar naquele sonho. 

2 Não calaram a boca:

Luana Araújo disse...

PARA de fazer textos perfeitos, aff!
INCRÍVEL! SEM MAIS!

Raphaele C. disse...

Awnn, obrigada Lu. Nem acho, mas tudo bem. *-*

Postar um comentário

Por favor, os comentários só serão aceitos se estiverem dentro das "normas" de ética. O que envolve:

- Não seja desagradável, tudo bem fazer criticas mas evite o uso de linguagem chula, depreciação, pré-conceito e tudo aquilo que você sabe ser errado.

- Evite,por que além de ser chato é feio para sua imagem, pedir que o Bloggeiro visite seu Blog. Com mensagens: " Legal seu Blog, visita o meu?" e etc. Um comentário bem feito e com conteúdo vai chamar muito mais atenção que súplicas. Aliás fazer súplicas só espanta visitas.

É só isso. Obrigada por comentar!

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...