Por trás das notas e da melodia


 Eu estava numa conversa com um amigo meu e do nada ele me falou sobre o quanto achava ‘ridículo’ os garotos que escutavam a banda de rap Cone Crew por escutar, sem levar disso nenhuma ideia. Sem criar nenhum ideal. Como se a música dos caras fosse em vão.

 Me vi obrigada a concordar com ele e levar a conversa a um rumo mais a frente. A música que prevalece na minha vida é o rock. Seja o mais comercial, ao mais pesado. Mas para mim, depois que atingi uma certa maturidade, não se tratava só de curtir o som. Não se tratava só de um estilo musical. Mas de um estilo de vida a ser levado em diante.

 Na minha opinião, rock, rap e reagge (esses dois últimos eu simpatizo, apesar de não escutar) são os três estilos de músicas que são mais apenas que música. Mas ideais embutidos numa letra, numa melodia.
 O jovem é o amanhã e tudo hoje com que ele está envolvido vai definir seu caráter e sua maneira de pensar no futuro. E nós, praticamente respiramos música. Não seria possível que uma só frase revolucionária passasse em branco.

 Se existe um meio capaz de influenciar e mudar as coisas em massa, não deveria ser desperdiçado só com músicas sobre amor, dor de cotovelo e imoralidades. E a música tem esse poder, e deveria ser usada para isso. E deveria ser levada mais a sério. Não só para divertir, ou passar o tempo.
 Temos problemas reais, eles estão presentes. Não seria justo tratar a música como algo vago e distante da realidade.

 Vamos acordar e selecionar mais nossas músicas. Vamos acordar para um mundo de boas intenções presentes nas notas musicais. Captar a mensagem é importante. A mudança está ai, é só enxerga-la.

2 Não calaram a boca:

Luana Araújo disse...

Eu concordo plenamente com o que você disse(só pra variar, néam?).
Eu curto muito esse rock nacional dos velhos, que trazem um lifestyle embutido. Geração coca-cola tornou-se uma das minhas músicas prediletas, porque sabe, é assim que eu me sinto. Cuspindo nessa hierarquia capitalista, nessa sociedade burguesa demais, que vê Deus como um tipo de economia, que coloca tudo em justificativa dele.
Curto muito essas músicas críticas, essas musicas que demonstram bem o que a gente vive, o que a gente pensa, e que não é só música de dançar, é música de escutar MESMO, de saber a letra MESMA, e não so dizer "ain, como é linda essa música" sem ao menos saber do que se trata.
Parabéns, Rapha!

Raphaele C. disse...

Ownn, você tem uma mentalidade e tanto.

Obrigada. :)

Postar um comentário

Por favor, os comentários só serão aceitos se estiverem dentro das "normas" de ética. O que envolve:

- Não seja desagradável, tudo bem fazer criticas mas evite o uso de linguagem chula, depreciação, pré-conceito e tudo aquilo que você sabe ser errado.

- Evite,por que além de ser chato é feio para sua imagem, pedir que o Bloggeiro visite seu Blog. Com mensagens: " Legal seu Blog, visita o meu?" e etc. Um comentário bem feito e com conteúdo vai chamar muito mais atenção que súplicas. Aliás fazer súplicas só espanta visitas.

É só isso. Obrigada por comentar!

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...